Da consciência crítica intercultural à educação para a cidadania global

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Rosa Maria Sequeira

Keywords

cidadania global, consciência crítica, diálogo intercultual

Resumen

A leitura literária pode melhor desenvolver a empatia pelo Outro, a simpatia inclusiva e a consciência crítica intercultural, traços que os modelos de competência intercultural mencionam. No entanto, a literatura não é geralmente mencionada nestes modelos que também ignoram a aprendizagem de línguas estrangeiras. Este artigo discute o importante papel da literatura e da aprendizagem de línguas quer para  comunicação intercultural quer para uma educação para a cidadania global essenciais na promoção da paz. Com uma pedagogia adequada, a literatura na aprendizagem de línguas pode melhor contribuir para a formação do falante intercultural, desenvolver a conciência crítica intercultural, a capacidade de diálogo e de lidar com situações delicadas sem julgamentos e medos.


 

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.
Abstract 20 | PDF Downloads 24

Citas

Almeida, Severina e outros, 2007, “Currículo e globalização. Por uma educação além das fronteiras do neoliberalismo” in:
http://www.joinpp.ufma.br/jornadas/joinppIV/eixos/11_educacao/curriculo-e-globalizacao-por-uma-educacao-alem-das-fronteiras-do-neoliberalismo.pdf
(acedido em: 9/9/2016)

Bredella, Lothar, 1996, “How can literary texts matter?”, Ahrens, Rüdiger e Laurenz Volkmann (ed.s) Why Literature matters, Heidelberg: Winter Verlag, pp.s 101- 115.
Clifford, Valery, 2013, The Elusive Concept of Internationalisation of the Curriculum, in: http://www.brookes.ac.uk/services/cci/definitions.html
(acedido em 10/9/2016)
Conselho da Europa, 2001, Quadro Europeu Comum de Referência para as línguas, tradução de Joana Pimentel do Rosário e Nuno Verdial Soares, Lisboa: Asa.

Conselho da Europa, 2012, PICT-Intercultural Competence. Curriculum Framework, in:
http://www.pictllp.eu/download/PICT_Curriculum_Framework.pdf
(acedido em 5/11/2016)

Corazza, Sandra, 2005, “Diferença pura de um pós-currículo”, LOPES, Alice e Elizabeth Macedo (Org), Currículo: debates contemporâneos. São Paulo: Cortez.

Deardorff, Darla, 2009, Deardorff, Darla, 2009, The Sage Handbook of Intercultural Competence, Los Angeles/London/New Dehli/Singapore/Washington DC: Sage Publications
http://elearning.uab.pt/pluginfile.php/347685/mod_book/chapter/74204/Darla%20K.%20Deardorff-The%20SAGE%20Handbook%20of%20Intercultural%20Competence%20%20-Sage%20Publications%2C%20Inc%20%282009%29.pdf

Family Violence Prevention Fund / National Council of Teachers of English, 2009, Lessons from Literature,
http://www.lessonsfromliterature.org/docs/manual/ClassroomManual.pdf
(acedido em 1/11/2016)

Finkelkraut, Alain, 1988, A derrota do pensamento, tradução do francês para o português de Ana Gama e Teresa Fonseca, Lisboa: Dom Quixote.

Iser, Wolfgang, 1996, “Why Literature matters”, Ahrens, Rüdiger e Laurenz Volkmann (ed.s) Why Literature matters, Heidelberg: Winter Verlag, pp.s 13-22.
Little, David, 2007, “The Common European Framework of Reference for Languages: Perspectives on the Making of Supranational Language Education Policy”, The Modern Language Journal, Volume 91, 4, pp.s 645–655. http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/j.1540-4781.2007.00627_2.x/full (acedido em 9/9/2016)

Lucey, Thomas et al. , 2013, Dimensions of Citizenship Through the Lens of the Hunger Games: Fiction and the Visual and Performing Arts as Springboards for Citizenship Education, The social Studies, 104, pp. 190-199, in: http://www.tandfonline.com/doi/abs/10.1080/00377996.2012.725110?journalCode=vtss20
(acedido em 9/9/2016)

Nussbaum, Martha, 2010, Not for Profit. Why Democracy needs the Humanities. New Jersey: Princeton University Press.

Nussbaum, Martha, 2014, Educação e justiça social, tradução de Graça Lami, Mangualde: Edições Pélago.

Sequeira, Rosa Maria, 2012, “A comunicação intercultural é uma utopia?” in Petrov et al., Avanços em Literatura e Cultura Portuguesas. Século XX, vol. 3, Santiago de Compostela / Faro: AIL / Editora Através, pp. 303- 316.in: https://repositorioaberto.uab.pt/bitstream/10400.2/2164/1/AlgarveLusitanistasFinal.pdf

Sontag, Susan, 2007, “Literatura é liberdade – discurso de aceitação do Prémio da Paz” in Ao mesmo tempo, tradução de José Lima, Lisboa: Quetzal, pp. 211-228.

UNESCO, 2016, Educação para a cidadania global: tópicos e objetivos de aprendizagem, Brasília: UNESCO in:
file:///C:/Users/Admin/Desktop/Conselho%20Europa%20Ed%20global.pdf (acedido em 11/10/2016)